Casamento DEK

O Início, o meio e o daqui em diante.
0 comments

Sobre consumo, reaproveitamentos e DIY

Eu e Dhanner sempre fomos muito a favor de reciclagem,  reaproveitamentos e DIY. Por isso nossa casa é cheia de peças DIY, nós tentamos ao máximo reaproveitar tudo. Somos contra o consumismo, e esse é um dos motivos de termos conseguido comprar nossa casa tão rápido. Não gastamos mais do que devemos, nem com móveis, nem com roupas, nem com lazer. Temos nosso controle e temos consciência de que consumo é algo sério e deve ser controlado. Usamos nossas roupas várias vezes e não compramos uma peça nova a cada novo evento. Já repeti roupas em casamentos diversas vezes. Se o sapato descola, a gente manda pro sapateiro ao invés de comprar outro. Quando vou comprar roupas, sempre invisto em peças-chave que permitem várias combinações, e assim crio meu estilo. Amo moda, mas não essa que diz que a cada estação temos que comprar roupas novas. Dá pra se vestir muito bem sem gastar horrores em lojas. Dá também pra comprar roupas usadas, fazer trocas com as amigas, vender ou doar peças que não usamos mais. Isso não é pão-durismo, é ter consciência social e ambiental.

Na nossa casa, nós tentamos aproveitar ao máximo tudo que temos em mãos. Nossas bancadas de banheiro, por exemplo, foi o Dhanner que fez com pallets. Ele montou e nós selamos e envernizamos. Ficou a nossa cara, gastamos o mínimo e reaproveitamos uma madeira que iria para o lixo. Nosso pedreiro não nos entendia. Tudo que nós dizíamos que íamos fazer, como a bancada, ele dizia que não ia dar certo, ou que estávamos só tentando economizar. Sim, ,estávamos. Mas além disso, nós queríamos uma bancada de madeira, não de granito como ele disse que tinha que ser. E nós fomos atrás da nossa, do nosso jeito, e amamos o resultado. Muitas vezes as pessoas gastam horrores para seguir o que a maioria faz e acaba se endividando e levando seus sonhos para longe. Nossa casa existe hoje porque sonhamos juntos, abrimos mão de certas coisas, fomos criativos em outras e cá estamos nós, dia após dia construindo um lar do jeito que sempre sonhamos.  Não estou dizendo que somos perfeitos nessa coisa de consumo. Estamos bem longe disso. Ainda produzimos muito lixo. Ainda somos guiados pelo impulso de comprar o que não precisamos. Cada vez que arrumo meu armário me pergunto porque tenho tanto a roupa e sempre tiro sacolas de peças para doação. Mas estamos tentando melhorar isso, cada vez mais, e a nossa casa é prova viva disso. Tudo que temos está de acordo com nosso bolso, e muita coisa tem a nossa cara porque passou pelas nossas mãos.

A mesa de latão foi pintada e o tampo encapado com papel e verniz na finalização. Ela fica no nosso quarto, boa para tomar um café e ler um pouco. A cadeira ganhou uma reforma com um tecido fofo que comprei em SP.

A mesa de latão foi pintada e o tampo encapado com papel e verniz na finalização. Ela fica no nosso quarto, boa para tomar um café e ler um pouco. A cadeira ganhou uma reforma com um tecido fofo que comprei em SP.

O antigo armário da cozinha foi pintado por mim. Instalei pés-palito e virou uma mesinha.

O antigo armário da cozinha foi pintado por mim. Instalei pés-palito e virou uma mesinha.

A mesa de centro foi feita de pallet pelo Dhanner. Colocamos rodízios e um vidro.

A mesa de centro foi feita de pallet pelo Dhanner. Colocamos rodízios e um vidro.

Criado mudo comprado em loja de usados. Madeira pura. Pintamos igual ao outro. Esse é o meu.

Criado mudo comprado em loja de usados. Madeira pura. Pintamos igual ao outro. Esse é o meu.

Criado mudo achado por minha mão foi pintado e colocamos puxadores novos. Esse é o do Dhanner.

Criado mudo achado por minha mãe, foi pintado e colocamos puxadores novos. Esse é o do Dhanner.

A bancada da suíte feita pelo Dhanner.

A bancada da suíte feita pelo Dhanner.

Lavabo com a bancada menor feita de pallet e adesivos de ladrilho.

Lavabo com a bancada menor feita de pallet e adesivos no ladrilho.

A gaveta do armário antigo viro prateleira para o banheiro.

A gaveta do armário antigo virou uma prateleira para o banheiro.

Cabideiro do guarda-roupa antigo virou um revisteiro e porta-papel higiênico.

Cabideiro do guarda-roupa antigo virou um revisteiro e porta-papel higiênico.

Leave A Comment