Casamento DEK

O Início, o meio e o daqui em diante.
0 comments

Viagem para o Uruguai – Roteiro Dia 3

O terceiro dia de nossa viagem para o Uruguai foi para explorar bastante o lado turístico de Montevidéu. Primeiro fomos ao estádio centenário. Os uruguaios são apaixonados por futebol, e o centenário carrega a história de ter sido o primeiro estádio a sediar uma copa do mundo. Junto ao estádio tem o museu do futebol e uma torre panorâmica onde você tem uma visão de toda a cidade. Fizemos o passeio completo, com torre, museu e estádio. O museu é bem legal, tem cartazes da primeira copa do mundo e várias fotos, camisas antigas e claro vários registros da copa de 50 em que eles derrotaram o Brasil em casa, hahaha.

De lá partimos para as ramblas a fim de  tirar foto no letreiro da cidade. Esperamos uma filinha básica de turistas até chegar a nossa vez. O letreiro fica no bairro de Pocitos, na Rambla República del Peru. O letreiro tem 15 metros de comprimento por 2 metros de altura e é parada obrigatória para todo turista que se preze. Ali perto fica o Espaço Kibon, que é tipo uma cerimonial e do lado tem o restaurante Novecento na beira da praia, aproveitamos e almoçamos ali.

O Novecente é um Bistrô de alta qualidade, com um atendimento impecável e menu delicioso. Além do Uruguai, tem filiais em Miami, Argentina e México. Eu pedi o peixe do dia e Dhanner comeu frango ao curry, ambos os pratos deliciosos e enormes o que nos impediu de comer a sobremesa. Aliás essa é uma caraterística que percebemos nos restaurantes uruguaios, os pratos tem muita comida, a gente saiu rolando dos restaurantes.

Partimos então para o Museu Blanes que é especializado em história da arte Nacional. O museu é lindo, além de diversas obras de artistas uruguaios, tem uma área verde enorme e um jardim japonês super bem cuidado.  De lá partimos para o hotel para descansar um pouco porque no outro dia pegaríamos a estrada para Punta del Este.

À noite fomos ao teatro circular, assistimos à “Opera de 2 centavos”, um musical que eu super recomendo. Encontramos o teatro circular por acaso, fica bem próximo à 18 de julho, atrás da Praça Cagancha. Quando estávamos procurando peças para assistir, esse teatro não aparecia nas buscas, mas na terça enquanto procurávamos onde comer à noite encontramos o teatro e fui ver o que tinha pra assistir,  decidimos voltar na quinta pra ver uma peça. Amamos o teatro, o roteiro, as interpretações. Super recomendamos.

Perto do teatro tinha uma pizzaria super rústica e comemos por lá. Mas, assim, é um lugar que parece não ser muito frequentado por turistas, deu a impressão de ser daqueles estabelecimentos que tem seus clientes costumeiros e não se importa muito em agradar com o atendimento. A mulher que nos atendeu veio com cara de quem não se importava muito com a gente, nos entregou o cardápio, escolhemos e depois na hora de pagar foi difícil encontrá-la. Era tipo restaurante pra quem é de casa. Ela e o cozinheiro eram os únicos funcionários da casa naquela noite. A pizza não estava sensacional, não gostei da massa, mas o tempero era bom. Lá não aceitava cartão, só pesos uruguaios. Mas a comida era honesta e barata. Me agradou ir ao local.

Para não perder o costume terminamos a noite com um sorvete. Gente como o sorvete uruguaio é bom <3

letreiro-montevideu

rambla-espaço- kibon

rambla-letreiro

parque-montevideu

panoramica-montevideu

estadio-centenário

estadio-centenário-arquibancada

estadio-centenario-uruguai

museu-blanes

pizza

 

 

Leave A Comment