Casamento DEK

O Início, o meio e o daqui em diante.
0 comments

Aquele 8 de março – 4 anos de casados

Eu lembro tão bem daquele 8 março,que quase posso tocá-lo. Há 4 anos atrás, fez um sol incrível, indo contra toda a previsão do tempo que era de chuva o dia todo. Mas não caiu uma só gota do céu. Daquele céu azul de um típico dia perfeito para uma praia. Lembro também de uma família unida, que acordou cedo e foi em peso fazer arranjos de flor, arrumar mesas, instalar luzes. De amigos maravilhosos que  fizeram o mesmo. Lembro de uma correria boa, de uma ansiedade saudável. Mas sobretudo lembro da felicidade que senti naquele dia. Um amor que transbordava. Nunca tinha me sentido tão feliz, e não imaginava que seria tão intenso, foi além de todas as minhas expectativas. Tinha a presença de Deus, tinha a força espiritual da aliança que estava sendo consagrada ali. Ainda bem que eu me abri para acreditar que há mais além do que meus olhos podem enxergar, porque assim eu pude sentir toda a intensidade daquele momento. O nosso momento. O momento que passamos a dividir nossa vida de verdade. Sério, eu achava que já fazíamos isso antes do casamento. Mas aquele 8 de março de 2014 me mostrou que havia mais, e que o mais estava ali, agora e para sempre. Entre os abraços, os sorrisos, os desejos mais sinceros de pessoas queridas. No abraço do Dhanner, no beijo dele que ficou incrivelmente ainda mais acolhedor. Não sei como explicar, não sei se você conseguirá entender, mas uma nova atmosfera surgiu em nossa vida, ali, naquele 8 de março, quando nossa aliança trocou de dedo.

Outra coisa que lembro bem é do cheiro do Dhanner, era o mesmo cheiro de sempre,  mas de uma forma mais marcante. Lembro que a cada abraço, a cada beijo eu não conseguiu deixar de perceber como aquele cheiro era bom. O cheiro do homem da minha vida, do meu amor para sempre. De lá para cá se passaram 4 anos, e temos vivido intensamente esse casamento. Nem sempre é perfeito, mas conseguimos sentir, ver, viver situações incríveis, bençãos que se não vem do céu, não sei como explicar. Vencemos barreiras, começamos projetos, conquistamos tanta coisa. Tem sido muito além do que pedimos, pensamos e sonhamos. Eu acredito que o nosso sim, os nossos votos, a nossa aliança tem uma força sobrenatural. E Ela tem nome, chama-se Deus, também conhecido como Amor. Hoje nós só podemos agradecer, e comemorar. Por estarmos juntos. Por nossa vida. Por tantas lembranças. E por aquele 8 de março, que eu me lembro tão bem que quase posso tocá-lo.

 

Leave A Comment