Casamento DEK

O Início, o meio e o daqui em diante.
0 comments

A semana pré-casamento

mesa de doces

Gente, a semana que antecede o casamento é uma loucura. Conferir tudo que está faltando, e no meu caso fazer todos os doces e terminar os detalhes da decoração. Graças a Deus temos uma família e amigos lindos que nos ajudaram pra caramba. Durante a semana fizemos todos os doces e lembranças. Enquanto eu e minha mãe fazíamos os biscoitinhos amanteigados de lembrança dos padrinhos e damas, a avó, a tia e a mãe do Dhanner faziam os suspiros de lembrança dos convidados. Depois eu e Dhanner preparamos os brigadeiros e a família toda ajudou a enrolar. Aí vieram os cupcakes, que embora eu e Dhanner sempre façamos a maior parte, porque esses são bem delicados, minha irmã e minha mãe também conseguiram ajudar na decoração final.

Trabalhamos a semana toda, na quinta fomos no cerimonial à noite instalar a iluminação. Dessa vez os homens fizeram o serviço pesado. O tio Carlinhos e nosso amigo Juliano fizeram um trabalho lindo. Me emocionei quando vi meu varal de luzes ligado. Nós mulheres nesse dia ficamos planejando como seria o sábado. Esse era o dia que me preocupava. Acordar cedo, arrumar tudo e depois correr para me arrumar. Teve gente dizendo pra eu não ir, dizendo que eu era louca de ir arrumar meu casamento no dia do casamento, mas gente era impossível não ir, estava tudo na minha cabeça e eu que preparei tudo da decoração então ninguém melhor que eu para ajudar no dia.

Na sexta fiz minha unha, eu e todas as mulheres que iam lá ajudar. Amigas e família. Usamos luvinha no sábado. Saímos 6 e pouco da manhã de Vila Velha e lá fomos nós para o cerimonial. A tia, a prima e a mãe do Dhanner foram buscar as flores. Sim, nós fizemos todos os arranjos, inclusive meu buquê. Usamos Margaridas, Sorrisos e as Egípcias. Chegando lá, os homens terminaram de instalar as luzes, porque tive que alugar um toldo um dia antes já que a previsão era de pancadas de chuva e o local era todo aberto. Enquanto isso, alguns faziam os arranjos, outros os buquês, outros a decoração e assim tudo foi tomando forma. Meu amigo querido, Gabriel, foi o primeiro a chegar. Eu já tinha imaginado a colocação de muita coisa no lugar e ter o olhar de outra pessoa, de muito bom gosto por sinal, me ajudou muito.  Tanta gente querida tornou tudo realidade. O Dudu e o Luciano que levaram o som, o Juliano e Paty que ajudaram em todas a frentes,o Diego que filmou tudo,  o tio Carlinhos, as tias, as mães/sogras, irmã/cunhado, irmão, prima. Todos lindos. Ás 11 hs tínhamos acabado tudo. E às 3:30hs minha sogra e as tias do Dhanner já estavam de volta para arrumar os doces. Gente, tudo foi feito com muito amor e dedicação, por isso que quando atravessei aquela cortina de fitas só podia sentir amor, e não era só pelo Dhanner. Era por Deus que nos proporcionou tudo nos seus mínimos detalhes e nos deu um dia um lindo, aberto, sem nenhuma pancada de chuva. Era pelas famílias que no dia 8 de março se tornaram uma só, e que deram tudo de si para que esse dia fosse inesquecível. Era pelos amigos mais chegados que irmãos. Não tenho palavras para agradecer, mas saibam que o amor e a gratidão que eu e Dhanner temos por todos é eterna.

Nosso casamento teve a nossa cara, foi um casamento colaborativo, cheio de amor nos seus mínimos detalhes. Cada flor foi colocada com muito amor, cada doce foi feito com cumplicidade. A festa foi linda, a decoração ficou encantadora, mas o melhor é pensar que isso foi só mais um detalhe de uma vida a dois que começou naquele dia, de uma nova família que surgiu, de uma missão que começou e é pra sempre. O casamento D&K é amor em todas as frentes possíveis. Amor que transborda. Amor que é eterno.

fazer buque casamento

casamento

altar casamento voil

arrumação casamento

torre de cupcake

Leave A Comment