Casamento DEK

O Início, o meio e o daqui em diante.

BLOG

0 comments

Dia de Meninas – A Culpa é das Estrelas

Quando o livro ” A Culpa é das Estrelas” se tornou fenômeno de vendas eu já sabia que não leria. Pensei que a obra de John Green seria mais um romance a la Nicholas Sparks, cheio de drama e lágrimas. Mas depois de ver o trailer do filme, eu que não dispenso um cinema, me peguei baixando um pdf do livro para ter uma ideia de o que ia encontrar pela frente. Na segunda passada eu e minha amiga Julia fomos lá conferir. Em uma sala cheia de adolescentes, nos sentimos e acho que éramos, as mais velhas do recinto, foi uma experiência interessante.

Mas vamos ao filme. Eu tinha lido quase 100 páginas dele no domingo, então sabia como começava e até onde ia uma certa parte, mas não sabia qual era o fim. Achei o filme muito, mas muito mesmo, fiel ao livro. Coisa difícil de se fazer e de se conseguir  com um roteiro. Façanha realizada pela dupla do também delicioso “500 dias com ela”  Scott Neustadter e Michael H. Weber que  subverteram a categoria “romance adolescente”. O filme chega a lembrar  “500 dias com com Ela”, pelos recursos visuais das mensagens de texto que aparecem na tela e a trilha sonora fofa e de bom gosto. O diretor que conseguiu dar leveza ao filme e humor ao filme mesmo se tratando de um casal com câncer, foi  Josh Boone. Palmas para ele também. E palmas para o time de atores sensacional. A mãe de Hazel vivida por Laura Dern e o escritor favorito da garota interpretado por Willem Dafoe arrasam. E o casal Hazel Grace e Augustus Waters que foram brilhantemente interpretados por Shailene Woodley e Ansel Elgort conseguiu dar o peso certo para os personagens, fugindo da tragédia anunciada da temática do livro/filme. O casal gera empatia com o público. E a declaração de amor de Augustus pra Hazel, gente, o olhar do garoto brilhava tanto e o sorriso bobo de apaixonado me pareceu tão real, que por um segundo eu esqueci que era só interpretação.

Então não preciso nem dizer que recomendo que assistam né? E embora o filme tenha me levado às lágrimas diversas vezes, não saí triste do cinema, porque A Culpa das Estrelas não é um filme triste. É um filme verossímil, capaz de fazer refletir sobre a vida, relacionamentos e o que realmente importa. É muito mais que um filme sobre amor entre adolescentes. É sobre família, amizade, o outro. E sim, é um filme fofo, mas um fofo bem construído, roteirizado, dirigido e com boas atuações. =)

TFIOSstill8-828x1024

ansel-elgort-shailene-woodley-tfios-stills-02

a-culpa-e-das-estrelas-filme-

aculpaédasestrelasfeaturette

A Fault In Our Stars

A Culpa é das Estrelas (20)

 

0 comments

A decoração DIY do nosso quarto

Finalmente consegui parar para tirar fotos do nosso quarto prontinho. A decoração ficou a nossa cara. Lembram quando aqui eu mostrei meu quarto de solteira? Pois é agora vocês podem ver as mudanças que fizemos para ele ficar com cara de quarto de menininho e menininha. Para começar a cama de solteiro foi substituída por uma de casal. Como ela é box e não tinha cabeceira, fiz nossa própria cabeceira com papel de parede que comprei no site panólatras, é uma estampa muito gracinha de câmeras fotográficas, uma paixão de nós dois. Os criados-mudo um ganhei da minha mãe (ela tinha achado na rua e pegou pra mim porque sabe como gosto de reformar coisas) e o outro compramos numa loja de móveis usados. Lixei os dois e pintei de amarelo e acrescentei os puxadores fofos que comprei na Westwing. Minha penteadeira foi para o outro quarto (que agora é um quarto de hóspedes/closet) e em seu lugar colocamos uma cômoda que meu irmão deixou de herança. Ela era toda da cor de madeira, eu pintei de azul escuro e fiz o acabamento com contact de estampa vintage. Aliás nela usei duas coisas com as quais amo trabalhar, spray e contact. =) Nossa mesa de cavaletes foi presente de casamento da minha prima Sara, e a cadeira foi eu que reformei com adivinhem: contact e spray. hahaha. O quadro do Lewis Carrol foi presente da amiga Julia. A caixa com os vinis foi eu que pintei e apliquei estampas pop-art. E as luzinhas não podiam faltar. Amo decorar com luzinhas, teve no casamento e tem pela casa toda. E assim nosso quarto está temporariamente decorado, até eu resolver mudar algo ou até comprarmos nossa casinha. É aconchegante porque tem a nossa cara.

quadro lewis carrol

porta retrato beijo

mesa cavaletes

quadros pop art

criado mudo reformado

criado mudo amarelo

comoda com papel contact

caixa feira decoração quarto casados

cabeceira de cama papel

baú decoração   

0 comments

Noche Mexicana

Sábado resolvemos fazer uma noite mexicana. Dessa vez fomos só nós dois para testar a receita de tortillas, que deu muito certo por sinal.Fiz a massa e o Dhanner foi para o fogão “fritá-las”. Na verdade elas são feitas na frigideira sem óleo nenhum. Depois fiz o Chilli, mas sem feijões porque não sou muito fã. Usei apenas muitos pimentões vermelhos e verdes, tomate, cebola, limão, carne moída e pimenta (sem tentar exagerar muito porque eu e Dhanner somos meio fracos ainda). Também fiz um molho apimentado para comer com os nachos, ia fazer guacamole mas o abacate que comprei ainda estava meio verde e acabou não dando pra fazer. Mesmo assim nossa noite mexicana foi um sucesso, a receita de tortillas está anotada para repetirmos com os amigos e a receita do molho também, ficou um delícia. Aliás em breve teremos uma categoria de receitas aqui no blog e vamos passar tudo para vocês, afinal na nossa casa sempre estamos cozinhando algo, então nada mais justo que dividir.

E a noite foi assim, muito apimentada. Embora eu tenha tentado maneirar na pimenta, ainda ficou bem forte. Pra gente né, porque um mexicano não sentiria nem de longe o gosto de pimenta a julgar pelo tanto de pimenta que vejo os chefs mexicanos colocando numa receita. Mas a gente chega lá. Pimenta é questão de costume.

noite mexicana

receita tacos mexicanos

Reparem na minha blusa, que na verdade é do Dhanner, furada. Adoro usar as blusas dele em dias mais frios.


molho mexicano

tortilha mexicana

 

0 comments

Um filme apaixonante – Questão de Tempo

A gente sempre fala que ama cinema. A decoração do nosso casamento teve essa inspiração e conceito, e esses dias percebi que tinha tudo a ver então falarmos mais sobre o tema no blog, por isso criamos a categoria cinema.

E, para abri-la vou começar com um filme lindo demais, e com um roteiro incrível. Do mesmo diretor do também apaixonante Simplesmente Amor, “Questão de Tempo” (About Time no original) vai falar claro, sobre tempo. É uma ficção científica/romance, sobre viagem no tempo, que como toda boa narrativa sobre o tema, possui regras que não podem ser quebradas ou mudarão o destino para sempre.

A história começa quando o pai (Bill Nighy) de Tim ( o simpático inglês Domhnall Gleeson) conta para ele no seu aniversário de 21 anos que todos os homens maiores de idade de sua família tem o poder de viajar no tempo. Para fazê-lo é simples: entre num armário (“um lugar bem escuro também funciona“) e pense no exato momento do tempo para o qual você quer voltar e estará lá. O poder deles se restringe a voltar no passado, eles não conseguem ir para o futuro, e também só voltam para lugares onde estiveram, não dá pra ir para a segunda guerra mundial, por exemplo, se você nasceu em 1982.

Então, Tim passa a utilizar o “poder” para conquistar o que ele mais quer em sua vida, um grande amor. Após deixar o interior da Inglaterra a caminho de Londres, ele vive o dia-a-dia de um advogado na capital e conhece  Mary  vivida por Rachel McAdams, que está incrivelmente maravilhosa em seu segundo filme sobre viagem no tempo (não sei se já assistiram Te amarei para Sempre, que também recomendo). Entre idas e vindas no passado para consertar algo, o jovem quase perde o momento em que conheceu sua amada, mas acaba conseguindo o que quer. E o filme se desenrola assim, cheio de viagens, uma história romântica delícia e uma intensa amizade entre pai e filho e irmão e irmã.  Além disso, traz muita reflexão sobre ganhar e perder e escolhas da vida. Um filme genial e também leve e intenso ao mesmo tempo, se é que isso é possível. Super recomendo. Um ótimo programa para o fim de semana que está chegando.

Quem assistir ou já tiver assistido conta aqui pra gente 😉

ABOUT TIME

about-time-movie-450

filme questão de tempo

Questao de Tempo filme

questão de tempo filme

About Time

 

 

0 comments

Make Noiva

Não tinha falado aqui ainda sobre o make e cabelo do grande dia. Quem me arrumou foi meu amigo super talentoso David Scardua. O David é cosmetólogo e já cuida dos meus cabelos há anos e também maquiador, passando por figurinista e decorador, ou seja o cara é bom. Atualmente ele está na produção da peça Mefisto viajando o Brasil todo, mas no dia do meu casamento ele conseguiu uma folguinha para me deixar linda e para ser meu convidado depois também. Convidado que chegou com uma maleta de maquiagem para me retocar também, hahaha.

Me arrumei no Bristol Diamond, e foi ótimo ter uma amigo fazendo isso, me ajudou a relaxar um pouco depois de passar a manhã toda na decoração da festa. Rimos bastante, foi divertido, eu fiquei à vontade e o David já me conhece e sabia exatamente do que eu ia gostar e do que não. Eu amei o resultado, e vocês o que acharam?

 

maquiagem casamento

sombra casamento

 

maquiagem noiva

noiva maquiagem

 

 

0 comments

Fazendo Macarons

Gente preciso compartilhar com vocês a alegria de criar minha primeira receita de Macarons. Pra quem não sabe, macaron é um doce francês  composto de dois biscoitos bem leves (claras em neve, açúcar e farinha de amêndoas) recheados com um creme. Ele tem uma casquinha por fora mas é macio por dentro e não é nada fácil de fazer. É delicado, e no forno precisa da temperatura certa senão racha e acabou-se a receita. Eu já tinha tentado várias, mas em nenhuma eu conseguia o resultado esperado. Até que, resolvi ir pela minha intuição e criei minha própria receita e voilá, ficaram deliciosos e fofos. Mais um doce para o cardápio da Yummy, e o melhor com uma receita única, só nossa. Oui!

 

macarons franceses

 

macarons

macarons rosa

 

2 comments

Nosso casamento no Blog Casando sem Grana

Ei queridos, mais uma vez nosso casamento foi postado em um blog sobre casamentos. Dessa vez foi no Casando sem Grana. Fiquei muito feliz pois tenho um carinho muito grande pelo blog. Desde 2011 que acompanho o trabalho da  Sammia, criadora do CSG. Ela, assim como eu, fez a maior parte do seu casamento que teve como tema os anos 80. O blog nasceu tipo o nosso Casamentodek, para postar inspirações para outras noivas e noivos, e cresceu tanto que hoje acho que é o maior blog de casamentos do Brasil e tem um montão de colunistas voluntárias que escrevem sobre diversos assuntos do universo casamenteiro.

Mas, enfim, o nosso casamento está lá, e recebemos muitos comentários fofos das leitoras do blog. Apaixonante.

Tá aí o link para o nosso “Casamento Real e Econômico”:  http://www.casandosemgrana.com.br/casamento-real-e-economico-karina-e-dhanner/

 

comentários blog casando sem grana

 

 

0 comments

Mais um videozinho – Casamento D&K

Terminei de editar mais um vídeo do casamento. O som não está muito bom porque só usamos o som da câmera mas tá valendo. No vídeo dá pra ver um milésimo da alegria que esse dia foi pra gente.

0 comments

As damas de Honra mais lindas do universo

Como vocês sabem eu tive apenas damas de honra adultas. Foram 6 amigas lindas que receberam o convite como contei aqui e que aceitaram lindamente.

Não escolhi modelo de vestido, apenas uma cartela de cores azul Tiffany que era a cor do casamento também. As meninas tiveram certa dificuldade para achar vestido dessa cor, mas no fim deu tudo certo, estavam lindíssimas.

No dia do casamento marcamos mais cedo no hotel para tirar as fotos, infelizmente a Suzana não conseguiu chegar por um pequeno problema no vestido que quebrou o zíper, mas no fim deu tudo certo e a Su estava lá na hora da cerimônia linda e loira como sempre.

Foi muito bom ter amigas tão queridas fazendo parte de um dos momento mais importantes da minha vida. Bom vê-las lá do lado do altar enquanto eu assumia um dos maiores compromissos da minha existência. E estavam lá firmes e fortes com sol no rosto tadinhas, porque não prevíamos que naquela hora o sol ia bater exatamente onde elas estariam. Mais uma prova de amizade, hahaha. Amo vocês meninas, ter amigas como damas de honra agora faz ainda mais sentido para mim.

E vocês o que acham da ideia de ter damas adultas?

dama de honra

vestido dama de honra adulta

damas de honra

amigas damas de honra

fotos com dama de honra

noivas e damas

entrada damas de honra

buque damas de honra

dama de honra vestido estampado

damas de honra casamento

damas de honra

buques dama de honra

penteado dama de honra

 

Casamento DeK

festa damas

 

 

0 comments

Vídeo Buenos Aires

As imagens são de celular, feitas na empolgação só pra vocês verem um pouquinho do que foi a gente em Buenos Aires. Editando o vídeo bateu aquela vontade de viajar, o que queremos fazer muito nessa vida. A gente chega lá, estamos apenas começando. =)

Trilha: You make my dreans come true – Hall & Oates.

Páginas:«1...78910111213...19»