Casamento DEK

O Início, o meio e o daqui em diante.

BLOG

0 comments

Lua de Mel – Dia III

No dia III eu estreei o vestido que comprei no dia II, hahaha. Acordamos bem cedinho e lá fomos nós pegar nosso ônibus de turistas. Passeamos por Belgrano,  um bairro muito bonito. Fiquei encantada com as ruas super arborizadas. E com o cachorros, gente Buenos Aires tem muitos cães. E só vi um gatinho durante toda a viagem. Mas continuando, seguimos em direção à Recoleta, íamos primeiro ao museu de Belas Artes mas ainda estava fechado, só abre às 12:30hs então fomos ao centro histórico da Recoleta, passeamos por uma galeria cheia de objetos de design, fizemos nossa parada no starbucks, onde trocaram meu marido por um tal de Dandy, e acabamos indo ao cemitério da Recoleta onde está o tumulo da Eva Perón e de outros personagens da história argentina.

Depois tomamos sorvete. Gente como tem sorvete bom em Buenos Aires. Os melhores são os das Persico, Freddo e o da Volta que eu e Dhanner elegemos como nosso favorito, além de ser maior que os outros. Almoçamos em um restaurante pequeno, até queríamos ir nos restaurantes que nos indicaram, mas vimos os cardápios e era só carne, carne, carne e papas fritas e eu não tava me sentindo muito bem para tanta gordura, então fui de massa no terceiro almoço portenho.

Depois tomamos mais sorvete, hahaha, e fomos ao museu, que é muito lindo. Lá tem obras de artistas argentinos, e também de grandes nomes como Van Gogh. Fiz um selfie com um busto que não lembro de quem era e partimos pra pegar nosso bus. Conhecemos um paulista que tava encantado com o estádio do Boca. Muito engraçado. Descansamos um pouco e decidimos que íamos comer pizza no jantar, achei no nosso guia que uma das pizzarias mais antigas e populares de Buenos Aires se chamava Los Imortales e ficava na Av. Corrientes. Uma pizzaria famosa por no passado ser frequentada por famosos. Era essa então. Nos aventuramos pela Corrientes que é uma delícia, dez horas da noite super movimentada, cheia de casas de espetáculos, teatros, shows. Não é a toa que é conhecida como a Brodway Portenha.

Los Imortales é um lugar muito bacana, cheio de fotos de personalidades argentinas nas paredes. O atendimento foi ótimo e a pizza também. Voltamos pro hotel andando, pra aproveitar um pouco mais do clima gostoso da Corrientes.


[000068]

arvores

praça san martin

sam martin lua de mel

praça san martin dhanner

ruas belgrano

belgrano

billboard buenos aires

onibus turismo buenos aires
[000012]

karina buenos aires

recoleta centro de artes

igreja recoleta

persico sorvete

persico

starbucks

sorvete volta

helado volta




recoleta arvore

recoleta

 

museu de belas artes

 

museu buenos aires

museu

avenida corrientes

los imortales

[000130]

 

 

 

 

0 comments

Casa Florida

Lembram que eu dei dicas para usar garrafas na decoração do casamento aqui. Pois então, eu usei muitas, e vou mostrar logo, logo pra vocês como ficou. O que quero falar hoje é que continuo usando algumas em casa. Já fazia isso antes do casamento na verdade, mas agora tenho muito mais haha. Uso para colocar as flores que compro na feira. Amo flores em casa, elas dão um colorido que nada consegue superar. Então sempre que posso vou a feira comprá-las. Semana passada comprei flores amarelas, e elas estão lindas até hoje. <3

flores amarelas

flores garrafa

flores varanda

flores cozinha

0 comments

Fim de Semana Gourmet

Esse fim de semana eu e Dhanner enfiamos o pé na jaca. Cozinhamos e comemos muito. Além do café da manhã que ele preparou pra mim, como direito a sanduíche de doce de leite com banana, e do café da tarde que eu preparei pra ele, nós fomos pra cozinha experimentar novas receitas. O almoço foi light, fiz um sanduíche de frango com queijo branco derretido e salada. Já o jantar foi na base da picanha ao alho no forno e farofa, receita do meu livro de culinária argentina. A picanha ficou bem passada, culpa do meu forno que está péssimo, mas já estamos providenciando outro com o dinheiro que ganhamos de presente de casamento. =)

Hoje nos arriscamos um pouco mais e fizemos nosso próprio macarrão. Dhanner fez a massa e abriu e eu cortei. Depois fiz um molho a bolonhesa e o almoço estava pronto.

Agora essa semana tem que ser na base do Detox e saladinhas, porque senão vamos sair rolando daqui a pouco.

picanha ao alho

picanha com farofa

fazendo macarrão

 

 

 

 

macarrão caseiro

macarrão

 

 

macarrão a bolonhesa

macarrão caseiro bolonhesa

 

 

 

 

 

0 comments

Buenos Aires – Dia II

No nosso segundo dia em Buenos resolvemos assinar o atestado de turistas e pegar o ônibus de turismo. Esse ônibus passa por vários bairros da cidade e vai parando nos pontos turísticos, aí você pode descer em qualquer ponto conhecer e depois pegar o próximo ônibus que passa de 20 em 20 minutos. Existem 2 tipos de ticket o de 24 e o de 48 horas. Compramos o de 48hs para termos 2 dias para irmos em bairros diferentes sem ter que se preocupar em ficar pegando táxi, metrô…

Nossa primeira parada foi o Rosedal. Um parque lindo com um jardim cheio de rosas de todas as cores inspirado nos jardins parisienses. Vale muito a pena conhecer. Depois rodamos o bairro de Palermo que é muito bonito. Paramo no starbucks para abastecer o Dhanner e depois visitamos as outlets do bairro. Como nossa intenção não era gasta muito fomos só em algumas lojas e acabei comprando um vestido. E só, hahaha. Depois fomos procurar o restaurante La Cabrera que foi muito bem indicado pelas nossas amigas Priscilla e Carla, mas quando chegamos lá estava fechado, então fomos para o Don Julio, também indicado pela Carla. Buenos Aires é uma cidade muito bem sinalizada e as quadras das ruas são divididas por números de 100 em 100 então se você sabe o nome da rua e o número do local, pronto, você acha fácil. O atendimento do Don Julio é ótimo, e o bife de Chorizo é indecente de tão bom. O Garçom foi muito gente boa com a gente, íamos pedir 2 acompanhamentos de papas fritas porque acompanhamento no Brasil é assim, um pra cada um, mas ele nos alertou que era muita batata e um bastaria, e realmente bastou e sobrou. Recomendo muito o Don Julio, comemos tanto que nem consegui ir na Persico tomar um sorvete. Deixei para depois. Saindo de Palermo resolvemos voltar para o hotel porque íamos a um show de tango às 20 hs e antes íamos encontrar um colega nosso da UFES que está morando na cidade.

No hotel descansamos nossos pezinhos que andaram bastante e saímos. Encontramos o Vitor que nos deu algumas dicas preciosas da cidade. Foi muito bom revê-lo e ver um rosto amigo na Argentina.

Depois fomos ao show de Tango na Galeria Borges, é uma apresentação bem mais simples que o shows feitos para turistas como o Senhor Tango, mas eu amei. Os dançarinos atuam bastante, é uma história toda contada com a dança. Depois comemos na galerias Pacífico mesmo e foi assim nosso segundo dia.

 

mapa buenos aires

onibus turismo buenos aires

 

rosedal

jardim de rosas

rosedal karina

 

rosedal buenos aires

lua de mel buenos aires

buenos aires 2

fotos buenos aires

rosedal 1

viagem buenos aires

 

starbucks buenos aires

 

almoço buenos aires

bife de chorizo

 

 

ingresso tango

 

tango buenos aires

 

tango buenos aires

 

casamentodek

 

lua de mel dek

 

 

0 comments

Jantar a dois

Ainda estou organizando a casa, e como dá trabalho. As coisas do Dhanner estão chegando e tenho que achar espaço para tudo. Joguei muita coisa fora para conseguir espaço. Vida de dona de casa é dura minha gente. E divido isso com trabalho home office ainda, mas adoro. Ontem em meio à correria consegui planejar e executar um jantar -para meu maridinho. Fiz nhoque ao molho bolonhesa. Enquanto as batatas cozinhavam eu ia terminando outras coisas na casa, e enquanto os nhoques não subiam eu ia preparando as velas, o molho e arrumando a mesa. No fim deu tempo e deu tudo certo. O marido aprovou e repetiu.

Hoje preciso fazer algo light pra compensar as calorias de ontem já que nós dois deveríamos estar de dieta. =)

nhoque a bolonhesa

dhanner

receita gnocchi

jantar

receita nhoque

0 comments

Almoço Delícia

Não sei se já contei aqui, mas não estou trabalhando no momento. Bem, na verdade estou trabalhando muito, mas não da formo com trabalhava antes, de carteira assinada, 8 horas por dia. Saí em fevereiro, o que foi providencial pois tive mais tempo para organizar o casamento. Agora estou cuidando dos meus freelas e dando um gás na Yummy. E estando mais em casa posso fazer uma das coisas que amo de paixão: cozinhar. Hoje fiz um almocinho delícia, e embora não tenha dado para tirar fotos legais do preparo, por falta de tempo, consegui tirar do prato pronto. E ficou tão bom que depois vou postar o passo-a-passo pra vocês. Eu e o Dhanner temos um projetinho de criar a categorias receitas aqui no blog =)

Eis aí o prato do dia: Purê de couve-flor e filé alto ao molho vinagrete de uvas e pra acompanhar suco de morango. Saudável e delicioso.

filé ao molho de vinagrete de uvas

purê de couve-flor

almoço rápido

 

 

 

0 comments

O Photobooth

No nosso casamento tinha um espaço  reservado para os convidados tirarem fotos. Eu queria ter tirado fotos lá também, mas não lembrei disso. Hahaha

Nesso espaço coloquei máscaras e alguns outros acessórios para o pessoal se divertir. Destaque para meu amigo Alex que incorporou o homem aranha o casamento quase todo. Também deixei uma câmera digital disponível para quem quisesse usar. E tá aí um pouco do

resultado.photobooth

DSC02722

DSC02735

DSC02736

DSC02742

DSC02764

DSC02710

DSC02701

0 comments

Lua de Mel Parte I

Resolvi intercalar alguns posts da lua de mel com os do casamento. Aproveitar enquanto tudo está fresquinho na mente. Como contei para vocês aqui resolvemos que iríamos para Buenos Aires, e a escolha foi perfeita. Eu e o Dhanner simplesmente amamos a cidade. a capital argentina é lindíssima. Tem uma infra-estrutura invejável. Uma cidade preparada para o turismo. Cheia de história. Cheia de vida.

Saímos de Vitória no domingo às 14:40hs e, infelizmente, por não termos um aeroporto internacional, tivemos que fazer conexão em SP. Só conseguimos voo para Buenos Aires às 21:30hs, ou seja, chá de aeroporto. Aproveitamos para comer no Pizza Hut, delícia, para ir na Saraiva e no Free Shop. Dhanner também conseguiu ler seu livro, enquanto eu relembrava meu espanhol que estava bem enferrujado. Chegamos em Buenos Aires às 00:30hs e fomos para o hotel. Ficamos num hotel simples mas aconchegante e bem localizado, o Promenade.

Pela manhã, tomamos café e decidimos que ficaríamos por perto do hotel no primeiro dia, então visitamos o centro. Conhecemos o Teatro Colón que é lindíssimo, o Obelisco, a Praça San Martin, a casa Rosada e a rua Florida que é o centro de comércio da cidade. Andamos muito e voltamos para o hotel, almoçamos no quarto um sanduíche quente de bife de Chorizo com Papas Fritas. Perfeito. Depois fomos na Galerias Pacífico que é um shopping com uma arquitetura lindíssima, seguindo o estilo das grandes lojas europeias com uma cúpula de tirar o fôlego. Aliás, gente, a cidade é cheia de belos projetos arquitêtonicos. Fiquei encantada. À noite fomos em Puerto Madero, que é o porto da cidade, lá existem muitos restaurantes, mas acabamos deixando para comer lá outro dia. Então atravessamos a ponte da mulher e fomos comer empanadas em um restaurante no centro. Voltamos cedo pro hotel, ainda estávamos cansados da correria do casamento + viagem + andanças o dia todo. Então, preferimos descansar para ter mais energia nos próximos dias =)

 

lanche pizza hut

 

aeroporto leitura

 

café da manhã hotel buenos aires

 

praça buenos aires

 

buenos aires viagem

 

lua de mel buenos aires

 

buenos aires argentina

 

praça san martin buenos aires

 

praça san martin buenos aires

obelisco

 

teatro Colón

 

casa rosada

 

casa rosada buenos aires

casa rosada argentina

praça do governo buenos aires

fonte praça do governo

 

galerias pacífico

centro de artes borges

ponte da mulher buenos aires

 

empanadas buenos aires

1 comments

As lembranças

Nosso casamento teve muitos doces, afinal nós temos uma doceria, então né, tá explicado. Para as lembranças não dava pra fazer chocolate, porque todo mundo já ia comer muito chocolate na festa. Também não queríamos dar miniaturas, ou  caixinhas que acabam esquecidas. Então optamos por dar algo de comer. Algo feito por nós mesmos especialmente para esse momento. Então para os padrinhos e damas fizemos biscoitinhos amanteigados em formato de coração. Colocamos num pote de vidro fofo com uma tampinha retrô e uma tag de agradecimento.

Para os convidados demos suspiros. Tínhamos visto a ideia no casamento da Bá do blog Tudo Orna e amei de cara. Nossa avó Dalva e toda a família Viana ajudaram com fornadas e mais fornadas de suspiros. Com a frase: “Esperamos que você saia do nosso casamento com suspiros”, nós expressamos como gostaríamos que a pessoas apreciassem e curtissem com a gente esse momento maravilhoso de nossas vidas.

lembrancinha padrinhos

biscoitos amanteigados

suspiros lembrança

mesa de saída casamento

0 comments

A semana pré-casamento

mesa de doces

Gente, a semana que antecede o casamento é uma loucura. Conferir tudo que está faltando, e no meu caso fazer todos os doces e terminar os detalhes da decoração. Graças a Deus temos uma família e amigos lindos que nos ajudaram pra caramba. Durante a semana fizemos todos os doces e lembranças. Enquanto eu e minha mãe fazíamos os biscoitinhos amanteigados de lembrança dos padrinhos e damas, a avó, a tia e a mãe do Dhanner faziam os suspiros de lembrança dos convidados. Depois eu e Dhanner preparamos os brigadeiros e a família toda ajudou a enrolar. Aí vieram os cupcakes, que embora eu e Dhanner sempre façamos a maior parte, porque esses são bem delicados, minha irmã e minha mãe também conseguiram ajudar na decoração final.

Trabalhamos a semana toda, na quinta fomos no cerimonial à noite instalar a iluminação. Dessa vez os homens fizeram o serviço pesado. O tio Carlinhos e nosso amigo Juliano fizeram um trabalho lindo. Me emocionei quando vi meu varal de luzes ligado. Nós mulheres nesse dia ficamos planejando como seria o sábado. Esse era o dia que me preocupava. Acordar cedo, arrumar tudo e depois correr para me arrumar. Teve gente dizendo pra eu não ir, dizendo que eu era louca de ir arrumar meu casamento no dia do casamento, mas gente era impossível não ir, estava tudo na minha cabeça e eu que preparei tudo da decoração então ninguém melhor que eu para ajudar no dia.

Na sexta fiz minha unha, eu e todas as mulheres que iam lá ajudar. Amigas e família. Usamos luvinha no sábado. Saímos 6 e pouco da manhã de Vila Velha e lá fomos nós para o cerimonial. A tia, a prima e a mãe do Dhanner foram buscar as flores. Sim, nós fizemos todos os arranjos, inclusive meu buquê. Usamos Margaridas, Sorrisos e as Egípcias. Chegando lá, os homens terminaram de instalar as luzes, porque tive que alugar um toldo um dia antes já que a previsão era de pancadas de chuva e o local era todo aberto. Enquanto isso, alguns faziam os arranjos, outros os buquês, outros a decoração e assim tudo foi tomando forma. Meu amigo querido, Gabriel, foi o primeiro a chegar. Eu já tinha imaginado a colocação de muita coisa no lugar e ter o olhar de outra pessoa, de muito bom gosto por sinal, me ajudou muito.  Tanta gente querida tornou tudo realidade. O Dudu e o Luciano que levaram o som, o Juliano e Paty que ajudaram em todas a frentes,o Diego que filmou tudo,  o tio Carlinhos, as tias, as mães/sogras, irmã/cunhado, irmão, prima. Todos lindos. Ás 11 hs tínhamos acabado tudo. E às 3:30hs minha sogra e as tias do Dhanner já estavam de volta para arrumar os doces. Gente, tudo foi feito com muito amor e dedicação, por isso que quando atravessei aquela cortina de fitas só podia sentir amor, e não era só pelo Dhanner. Era por Deus que nos proporcionou tudo nos seus mínimos detalhes e nos deu um dia um lindo, aberto, sem nenhuma pancada de chuva. Era pelas famílias que no dia 8 de março se tornaram uma só, e que deram tudo de si para que esse dia fosse inesquecível. Era pelos amigos mais chegados que irmãos. Não tenho palavras para agradecer, mas saibam que o amor e a gratidão que eu e Dhanner temos por todos é eterna.

Nosso casamento teve a nossa cara, foi um casamento colaborativo, cheio de amor nos seus mínimos detalhes. Cada flor foi colocada com muito amor, cada doce foi feito com cumplicidade. A festa foi linda, a decoração ficou encantadora, mas o melhor é pensar que isso foi só mais um detalhe de uma vida a dois que começou naquele dia, de uma nova família que surgiu, de uma missão que começou e é pra sempre. O casamento D&K é amor em todas as frentes possíveis. Amor que transborda. Amor que é eterno.

fazer buque casamento

casamento

altar casamento voil

arrumação casamento

torre de cupcake