Casamento DEK

O Início, o meio e o daqui em diante.

BLOG

1 comments

A saga das canecas: Namorada carinhosa Vs outras coisas

Para quem conhece é fácil entender quando eu falo que a Karina é uma coisa fofa e determinada (bem mais determinada que fofa por vezes), mas não tomem isso como reclamação, apenas é uma das características que aos poucos conheci e amei e formam o que minha #noiva é. Tal obstinação em concluir uma tarefa aliada à vontade em ver o sortudo namorado feliz, nos levou a saga que vos escrevo.

A primeira parte de nossa saga foi em uma empresa que trabalhávamos juntos, onde,  para reduzir a utilização de copos descartáveis, todos tinham canecas, umas normais outras bem divertidas. Logo na primeira semana de trabalho fui presenteado pela Ká com uma caneca toda trabalhada no estilo da Tok Stok, essa aí embaixo. Mas, em menos de uma semana já havia conseguido quebrar a alça da caneca. Eu não sabia, mas era apenas o começo de uma história de perdas e frustrações (dramatização para dar mais emoção).

Caneca Coke

Durante muito tempo resisti com minha caneca com design da coca cola, que agora poderia chamar de copo, mas quem nasceu para caneca nunca será um copo de primeira e logo aposentei a menina que hoje é um bonito porta caneta na mesa do meu quarto :).

Sem caneca sofri bulling por onde trabalhei, afinal que menino estranho que trabalha com publicidade e não tem sua caneca personalizada com estampas que definam sua personalidade? Então caros leitores, foi um período sofrido em minha vida. Mas minha doce senhorita trabalhava nos bastidores procurando uma caneca que representasse minha personalidade perante meus colegas de trabalho.

caneca pacman

Fiquei muito feliz ao receber minha caneca do Pac-man para representar meu eu nerd/gamer, mas a vida é uma caixinha de surpresa e durante um sacudida com o objetivo de secar minha vintage companheira, ela escorregou por entre meus dedos e virou cacos e mais cacos na pia da agência, perda total. 🙁

Nesse momento de tristeza fui mais uma vez surpreendido por minha ainda namorada/agora noiva, com outra peça de expressão nerd/gamer e com um toque hipster (não do jeito ruim, um hipster legal tipo filtro do instagram). Agora estava munido de uma super caneca tetris (essa foi bem assediada) que ainda possuía um easter egg, onde algumas peças do jogo surgiam quando a caneca era aquecida. Sucesso na hora do café e minha chance de ser feliz durante os momentos de confraternização da empresa. Mas… esse não é um conto feliz sobre um garotinho e seu cachorro e sim uma saga marcada por sofrimento. Na calada da noite alguém “acidentalmente” derrubou minha escudeira no café do escorredor. Tentamos todos os procedimentos possíveis, mas ela nunca mais foi a mesma.

caneca tetris

PS: entendam por “calada da noite” 9h e por “alguém” Alexandre Moreira (nunca esquecerei)

Após perdermos 2 canecas Karina e eu decidimos não tentar mais uma vez, não queremos mais feridos nessa guerra. Mesmo assim minha Srta me presenteou com um combo Caneca+cappuccino e me permitiu seguir de cabeça erguida perante meus colegas

A grande mensagem é: A Karina sempre vai procurar algum jeito de me deixar feliz. Isso eu sei.

1 comments

Stress pré casamento Vol1

Local, buffet, decoração, fotos, convites, convidados, dinheiro, padrinhos, damas, roupas, dinheiro, briguinhas por conta do stress, trabalhos extras para juntar uma graninha, cansaço, dieta, ansiedade, doces, lembranças, contratos, dinheiro e muito mais.

Só quem já passou sabe como é isso tudo, e ainda está “longe”. Ainda esse fim de semana, espero, reduzir dois ou três itens dessa lista e com isso controlar alguns outros que surgem como efeitos colaterais. A cada dia o calendário mostra que temos que correr para organizar tudo e vez ou outra pinta um mini-pânico, mas só de pensar em como será estar ao seu lado no dia e depois dali  em diante, tudo vale.

Te amo Ka

DSC_0585

0 comments

Neruda para ele

Neruda para ele

Amo os poemas do Neruda, eles falam muito do amor que sinto. Sempre que leio um, me dá vontade de ligar para o Dhanner e ler pra ele, fazendo das palavras do poeta as minhas. Faço isso agora, com o poema que se segue.

Tira-me o pão, se quiseres,
tira-me o ar, mas não
me tires o teu riso.

Não me tires a rosa,
a lança que desfolhas,
a água que de súbito
brota da tua alegria,
a repentina onda
de prata que em ti nasce.

A minha luta é dura e regresso
com os olhos cansados
às vezes por ver
que a terra não muda,
mas ao entrar teu riso
sobe ao céu a procurar-me
e abre-me todas
as portas da vida.

Meu amor, nos momentos
mais escuros solta
o teu riso e se de súbito
vires que o meu sangue mancha
as pedras da rua,
ri, porque o teu riso
será para as minhas mãos
como uma espada fresca.

À beira do mar, no outono,
teu riso deve erguer
sua cascata de espuma,
e na primavera, amor,
quero teu riso como
a flor que esperava,
a flor azul, a rosa
da minha pátria sonora.

Ri-te da noite,
do dia, da lua,
ri-te das ruas
tortas da ilha,
ri-te deste grosseiro
rapaz que te ama,
mas quando abro
os olhos e os fecho,
quando meus passos vão,
quando voltam meus passos,
nega-me o pão, o ar,
a luz, a primavera,
mas nunca o teu riso,
porque então morreria.

Pablo Neruda, Os Versos do Capitão

0 comments

Fim de Semana | Fotos

Esse fim de semana saímos para tirar fotos de uma amiga nossa, a Gabi Saadi, que está grávida do Bernardo. Foi uma tarde muito gostosa e nós gostamos muito do resultado. Conseguimos captar o amor da família da Gabi em cada foto, cada olhar. E no fim ela foi nossa fotógrafa dando alguns cliques para o blog.

Sair um pouco com amigos foi bacana, porque ultimamente eu e Dhanner estamos mergulhados nos preparativos para o casamento + trabalho + freela, o que tem sido cansativo. Mas olhar para frente nos faz ver que toda essa correria vai valer pena, por isso fazemos tudo com alegria, apesar do estresse nosso de cada dia.

dek4

dek3

dek5

dek

 

 

 

0 comments

Nossa Filha

Gente ainda não apresentei nossa filha por aqui. Por enquanto ela mora comigo mas logo logo terá o pai e a mãe em casa. Nossa lindeza, Dinah.

A Dinah foi um presente que Deus nos mandou no dia do meu aniversário em 2012. Quando fui numa loja de embalagem comprar descartáveis,  ela passou correndo para trás das prateleiras. Me abaixei pra pegar aquela coisinha pequena com um manchinha branca na testa. Me apaixonei na hora. Pensei que conseguiria dar ela pra adoção, mas foi impossível. Eu, o Dhanner e toda a família se apaixonou.

Naquele dia, Dhanner foi pra minha casa com ela, enquanto eu fui ao supermercado comprar ração e areia. A pequena era um furacãozinho desde pequena. Corria, pulava e nós achávamos que era porque ela era um filhote, cheio de energia, mas não gente, até hoje é assim. Corre a casa toda, e pula na sua perna pra você correr atrás dela. Dhanner se diverte correndo e se escondendo. Ela é a alegria da casa.

Qualquer dia desses vou filmar ela correndo com o Dhanner pra vocês verem a festa que é.

Picture2 069Picture2 017
Picture2 013Picture2 078
Picture2 038Picture2 034
Picture2 021

0 comments

Nós e o Cinema

O primeiro beijo foi no cinema. E desde então não dá pra contar quantas vezes fomos juntos ao cinema ou quantos filmes já vimos como casal. Minha paixão pelo cinema vem de infância. Enquanto minhas amigas diziam que seus filmes favoritos eram “As patricinhas de Bervely Hills” ou “10 coisas que odeio em Você”, o meu era “E o vento levou”. Assisti quando tinha 7 anos durante as férias na casa da minha tia, e me apaixonei. Não que eu não gostasse ou não goste de comédias românticas, pelo contrário, vejo de tudo, tudo mesmo, mas sempre tive uma queda por filmes do Woody Allen, Tarantino, Almodóvar. E quando passei no vetsibular para o curso de publicidade na UFES encontrei pessoas que amavam o cinema como eu, entrei para um grupo de estudos de cinema, o GRAV , e minha relação com a sétima arte ficou ainda mais próxima. E o Dhanner me acompanha nas minhas aventuras que vão desde ver filmes de menininha até ir a uma mostra do Godard. Eu recompenso ele assistindo Star Wars e os filmes de heróis e ficção científica que ele tanto gosta. Embora tenho que contar um segredo: um de seus filmes preferidos é Grease =O Fofo esse meu noivo. Porque estou contando isso pra vocês? Porque além de o cinema fazer parte de nossa história, que é a proposta desse blog contar, nosso casamento terá o cinema como tema, então logo logo compartilharei as ideias que estou tendo para nossa decoração e cerimônia  com esse tema. E pra ilustrar o post, algumas fotos minhas e do Dhanner em festas de aniversário do Grav (todo vamos fantasiados personagens de filme) e também na aula da saudade do Dhanner que foi a fantasia e mais uma vez, cinema.

DSC_1895

Ee de Flashdance e ele de Grease.

Eu de Flashdance e ele de Grease.

Cisne Negro e Ratatouille.

0 comments

Amor pela culinária

Já disse pra vocês que eu e o Dhanner amamos cozinhar? Pra mim é terapia, embora quando alguma coisa dá errado eu tenha a tendência a ficar meio estressada. E o Dhanner fica tentando me acalmar. Lindo.

Mas, enfim, a gente cozinha um para o outro, para a família, os amigos e também fazemos disso uma profissão nas, poucas, horas vagas. Vendemos cupcakes e brigadeiros gourmet sob encomenda. E se a gente faz para os outros, é lógico que faremos para nosso casamento também. Desde que começamos a olhar orçamentos de buffet deixamos claro que não queríamos com doces. Esses serão por nossa conta. Feitos com todo amor do mundo para celebrar nosso dia.

Ah, e a gente como publicitários e aspirantes a fotógrafos que somos, sempre tiramos muitas, muitas fotos dos nossos dotes culinários.

ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem

3 comments

E o Vestido?

Gente estou prestes a ir olhar meu vestido. Quem me conhece sabe que não gosto de muitas firulas, não quero pedrarias ou brilhos, muito menos vestido bolo de noiva. Sou mais da linha retrô e curto street style. Quero uma mistura vintage e romântica, com muita, muita renda. Até agora não fui a nenhuma loja, mas os catálogos de 2013 que tenho visto não tem me agradado. Não que as coleções estejam feias, não é isso, a questão é que nada  do que eu vi é do jeito que eu quero pra mim. Por isso, já estou pensando em mandar fazer o vestido, mas mesmo assim vou visitar algumas lojas por desencargo de consciência.

Aliás, estou aceitando contatos de lojas de noivas na Grande Vitória e de costureiras. Quem tiver algum deixa um comentário e ajudem uma noiva que tem 1 zilhão de coisas pra resolver. =)

Seguem alguns modelos que me agradam muito.ImagemImagemImagem

ImagemImagem

Fonte: Pinterest/A Modista

0 comments

Emails

De Dhanner para Karina 20/06/11

Foi bom almoçar com a srta minha linda.

0 comments

Isótopos quase inseparáveis

Eu e Dhanner amamos assistir séries juntos e uma delas é The Big Bang Theory que fala sobre a amizade de 4 amigos nerds. Essa é uma de nossas séries favoritas, ao lado de How I met your Mother, Breaking Bad, Mad Men,  The Walking Dead e por aí vai. Mas enfim, o ponto que queria chegar é que hoje estávamos assistindo o  episódio da semana de The Big Bang e o Howard, um dos personagens, fez uma música fofa para comemorar a data do primeiro encontro dos dois. Na hora que estava assistindo já pensei em colocar o vídeo aqui, porque meu Dhanner é nerd, então, quase tudo no música faz todo sentido pra ele.

Amor você é como o Uranio 235 e eu como o Uranio 238. Isótopos quase inseparáveis.

Páginas:«1...1213141516171819»